Posts com a Tag ‘tipos de doenças’

Tipos de doenças

Tipos de doenças

Os olhos do indivíduo reflectem o estado interior do seu corpo. Como si mais adiante, a íris duma pessoa é um maravilhoso espelho onde se reflecte constituição orgânica, o estado de pureza do sangue e as anomalias orgânica congestão e anemia dos órgãos e tecidos do seu corpo.

Compartilhe no:
  • Orkut

Tipos de doenças

Tipos de doenças

Explica-se assim também que, enquanto alguém que nunca adoecia, morre subitamente, outro, que se queixou durante toda a vida, morre de velhice.

Compartilhe no:
  • Orkut

Doenças infecciosas

Doenças infecciosas

Se explica que, enquanto as estatísticas acusam progressiva diminuição das mortes por afecções agudas, como varíola, escarlatina, tifo, etc, as doenças crônicas, como tuberculose, diabetes, cancro, loucura, sífilis, afecções cardíacas, cerebrais, hepáticas e renais, aumentam cada dia a cifra da nossa morbilidade e mortalidade.

Compartilhe no:
  • Orkut

Tipos de doenças

Tipos de doenças

Febre externa, erupções, diarréias, dores, supurações, etc, em si não actividades prejudiciais, senão manifestações defensivas do organismo que revelam a existência de matérias mortas, de substâncias estranhas ao corpo  as quais é preciso destruir e eliminar para libertar este da sua perigosa presencia.

Compartilhe no:
  • Orkut

Alimentos

alimentos

Alimento natural é o que oferece a Natureza em cada lugar e na sua é Ele convém à nossa estrutura orgânica e necessidades fisiológicas, podendo cor no estado em que a Natureza o oferece.
O alimento natural apetece e é susceptível de ser comido tal qual o o: a Natureza, sem o cozer, assar ou submeter a preparação prévia, tal como s com as frutas e sementes de árvores.
O saber escolher os alimentos é indispensável para manter a Saúde, j; o alimento digerido forma o sangue e este será da mesma qualidade daquele
Duma boa nutrição depende a Saúde; e esta só pode existir introduzin nosso organismo os produtos destinados pela Natureza à nossa manutenção.
A ordem natural estabelece que o reino mineral sustenta o vegetal e este  mal, donde resulta que, ingerir substâncias minerais, como são quase todos produtos farmacêuticos, é introduzir no organismo matérias estranhas que não pode assimilar, ou seja incorporar nos seus tecidos vivos, e que necessita e sar para se libertar desses venenos.
O animal em liberdade, com o auxílio do seu instinto busca o alimente lhe convém, mas o homem, degenerado o seu instinto, crê poder comer qui lhe apraz, sem mais limite que o de seus recursos ou de seu capricho.
Como se verá mais adiante, na infracção deste preceito da Lei Natural a causa principal dos males e enfermidades do ser humano.
Um célebre biologista disse: «Com os seus dentes o homem cava a sua pria sepultura».

Compartilhe no:
  • Orkut

Etapas da respiração

etapas-da-respiracao

A respiração pulmonar deve fazer-se pelo nariz, com a boca fechada, pois o nariz é o guardião dos pulmões, aquecendo o ar demasiado frio e retendo as suas impurezas. Quanto melhor nos alimentarmos de ar, menos necessidade teremos de alimentos estomacais, e é por isso que as pessoas de insuficiência pulmonar, como os tuberculosos, têm uma grande actividade digestiva, sendo clássico o apetite destes doentes que nunca se satisfazem. A ninguém convém tanto os banhos de ar como às pessoas que sofrem dos pulmões; da mesma forma que aos doentes dos rins é especialmente útil a piração.
Assim como para ter uma boa digestão é necessário saber comer, ta para respirar devemos saber fazê-lo, e daí a necessidade da ginástica respiratória fazendo-a várias vezes por dia e, sobretudo, ao ar livre da manhã,  profundas por espaço de alguns minutos e com a boca fechada.
Devemos, pois, procurar o ar puro a toda a hora, como o alimento mai cioso para conservar a nossa saúde, dormindo todo o ano com a janela abi no Verão, se for possível, num pátio ou debaixo das árvores, sobre a ten pessoas que sofrem dos pulmões é especialmente necessário observar este selho, não temendo o ar frio que é mais tônico que o tépido e dormindo cama defronte de uma janela aberta, evitando as correntes de ar.
Estes conselhos convém a todos os doentes, já que o ar puro é o primeiro medicamento.

Compartilhe no:
  • Orkut