Posts com a Tag ‘doença febre’

Doença febre

Doença febre

Insistindo, devemos, ao mesmo tempo que combater a febre interna, produzir sobre a pele febre artificial. Para conseguir estes objectivos temos que seguir dois caminhos: refrescar o interior do ventre, actuando directamente sobre ele e, além disso, activar a circulação sangüínea na superfície do corpo mediante as reacções de calor que se produzem por conflito da pele com o frio do ar, da água ou combinando o frio desta com o calor do sol ou do vapor, como se explica na minha Lavagem do Sangue.
Quando a pele do doente está fria e inactiva, dificilmente se conseguirá fazê-la reagir por meio do frio. O calor sobre ela também pode ser perigoso se o pulso estiver agitado. Então temos na irritação que produzem as picaduras de urtigas frescas o recurso salvador para produzir febre curativa.

Compartilhe no:
  • Orkut

Febre causa

Febre causa

Febre destrutiva, característica de todo o doente crônico. Ela mala a Vida por desnutrição e intoxicação progressivas, porque favorece as pulrefacções intestinais e dificulta a acção eliminadora da pele que se torna anêmica e cadavérica

Compartilhe no:
  • Orkut

Sintomas da febre

Sintomas da febre

A febre externa caracteriza o doente vítima de crise aguda  a febi mantém o estado do doente crônico.
Só a febre externa favorece a cura porque, mediante o calor difun todo o corpo, activa os processos vitais e ajuda a purificação do sangue destruindo e expulsando matérias orgânicas mortas, acumuladas no c herança ou por nutrição inconveniente.

Compartilhe no:
  • Orkut

Doença febre

Doença febre

FEBRE CURATIVA E FEBRE DESTRUTIVA
Para a medicina que se guia pelo termômetro não há duas febre não existem dois calores animais. Seja como for, o calor animal é um único, mas a sua distribuição pode ser uniforme ou desequilibrada.
No primeiro caso, teremos Saúde e no segundo, doença, isto é, funcional do organismo.

Compartilhe no:
  • Orkut