Arquivo da Categoria ‘Trofologia’

Trofologia alimentação balanceada e saudável

Trofologia alimentação balanceada e saudável.
É o que sucede com os transtornos digestivos, fonte inesgotável de males sem conta. Há pessoas que se gabam de poder comer de tudo sem que nada lhes faça mal, pois elas nada sentem, por muitos desregramentos que façam. No entanto, essas pessoas conheceram mais de um amigo que, sem nunca ter caído à cama e sem nunca se ter queixado de uma dor, em plena juventude caiu fulminado por morte repentina.
Pelo contrário, existem outras pessoas que vivem queixando-se e tratando dos seus achaques, alcançando uma invejável idade avançada.
Como a dor é defesa orgânica, representa actividade vital, de maneira que quando se pode fazer vida desregrada sem sentir dores, quer dizer que a sensibilidade do organismo está embotada por intoxicação, característica do doente crônico.
Nestas pessoas que podem comer de tudo sem sentir dores, as frutas causam transtornos digestivos como a água pura faz adoecer o alcoólico.
A prisão de ventre, doença das cidades e especialmente do sexo feminino nas classes ricas, é origem dos maiores males que afligem a civilização. Pode dizer-se que a Medicina vive das más digestões do público e que a Cirurgia amontoa fortunas abrindo entranhas de mulheres presas de ventre.

Compartilhe no:
  • Orkut

Trofologia qualidade de alimentos

Trofologia qualidade de alimentos: As más digestões têm, pois, duas manifestações: má elaboração ou má eliminação. Naturalmente, em casos mais graves, podem coexistir ambas as anomalias.
A digestão normal manifesta-se por boa elaboração, com excrementos abundantes, inodoros, cilíndricos e de cor bronzeada; além disso, o intestino deve evacuar, pelo menos, de manhã e à tarde. Uma só evacuação por dia é insuficiente, porque denota que os resíduos da digestão e também a bile foram retidos mais de vinte horas no corpo, com o que se impurifica o sangue. O normal é evacuar completamente o ventre de oito em oito horas.
Quando se nos apresenta um doente não lhe fazemos pergunta alguma nem ouvimos as suas queixas, pois ele é o que menos sabe o que tem; naturalmente, menos pode saber ainda o aparelho ou a reacção do laboratório onde o médico procura elementos, pois este em toda a doença só vê a obra misteriosa do micróbio.
Examinando a íris do doente põe-se ante a nossa vista não só o estado do organismo e as causas dos seus desarranjos, mas também a história da sua vida e a de seus progenitores, como se explica na minha obra A íris de Teus Olhos Revela a Tua Saúde.
O doente não sabe o que tem porque, insensível e progressivamente, vai perdendo o comando da sua Saúde; além disso, crê que não há doença sem.dor e, se não sente dores no seu corpo, julga-se livre de todo o mal.

Compartilhe no:
  • Orkut

Trofologia e boa alimentação

Digerir alimentos é formar sangue; daí, a digestão normal é fonte de sangue puro e a digestão anormal dá origem a sangue impuro.
Toda a doença tem as suas raízes no ventre porque não há doente com boa digestão.
É corrente crer que a boa digestão consiste em evacuar o intestino todos os dias; no entanto, isto não prova que a elaboração dos alimentos seja normal, porque apesar da boa alimentação podem existir no ventre fermentações pútridas que envenenam o sangue, alterando as funções orgânicas.
Pelo contrário, a elaboração intestinal pode ser mais normal, mas a evacuação dos resíduos ser deficiente e tardia.

Compartilhe no:
  • Orkut

Trofologia saúde

Trofologia é a ciência que nos ensina a cultivar ou restabelecer a Saúde mediante uma alimentação adequada às necessidades do nosso corpo.
Saber alimentar-se é condição indispensável para conservar e -também para recuperar a Saúde.
Com efeito, como higiene, a alimentação natural é meio seguro para evitar adoecer, porque, dependendo todas as funções orgânicas da qualidade do sangue e, sendo este produto da nutrição geral e especialmente da digestão, os alimentos adequados produzem sangue puro com tecidos e órgãos sãos, ao passo que a alimentação inadequada impurifica o sangue e altera as funções orgânicas.
O nosso corpo é da qualidade dos alimentos que o formam e mantêm. Assim, um sangue nutrido por frutas cruas será fluido, vitalizado e alcaiino, isento de matérias ácidas, pois as frutas mais ácidas têm ainda reacção alcalina no sangue. São os ácidos provenientes das fermentações pútridas do intestino que acidificam o sangue, irritam, inflamam e congestionam os tecidos e órgãos nobres do nosso corpo, produzindo os transtornos catalogados com os diversos nomes com que se classificam os sintomas ou manifestações diversas da única enfermidade que existe: impurificação do sangue por má nutrição e deficientes eliminações.

Compartilhe no:
  • Orkut