Arquivo da Categoria ‘Sem categoria’

Nutrição e saúde

Dádiva da região do Douro, no nordeste de Portugal, o vinho do porto empresta sabor e aroma penetrantes às receitas deste mês.

Seu segredo, dizem, é uma fermentação apressada, que não dura mais do que dois ou três dias, seguida do acréscimo de aguardente de uva, que lhe confere um quê especial -e muitas calorias. É produzido nas extensas áreas entre as montanhas e as margens do rio Douro há pelo menos 2 mil anos, mas só a partir do século XVII recebeu a denominação de vinho do Porto. E, como todo bom vinho,degustado com moderação, faz muito bem à dieta, graças a antioxidantes poderosos, capazes de prevenir o envelhecimento das células e o acúmulo de placas nas artérias.

Compartilhe no:
  • Orkut

Tipo de alergia

Veja como evitar as crises.
Ao suspeitar de qualquer tipo de alergia, procure um especialista. Ele orientará o tratamento adequado, que pode ser por meio de medicamentos ou de imunoterapia (vacinas que diminuem a resposta alérgica). No dia-a-dia, o alérgico pode ter uma vida normal. Mas é necessário tomar cuidados para evitar as crises. A alergista Maria de Fátima algumas dicas:
■ Procure não rei srn casa objetos que acumulam ácaro, como bichos de pelúcia, carpete e cortina;
■ Proteja os colchões com capas impermeáveis e troque a roupa de cama pelo menos uma vez por semana;
■ Não coma no quarto, pois os ácaros aproveitam os restos de alimentos;
■ O piso e os móveis devem ser limpos com pano úmido. Evite varrer para não levantar poeira e dispense os produtos de limpeza com cheiro forte;
■ Se tiver animais, eles não devem ficar em ambientes onde o alérgico permanece por muito tempo, como quarto e sala;
■ Mantenha a casa arejada pelo menos uma hora por dia. Coloque colchões e tapetes no sol.

Compartilhe no:
  • Orkut

As eliminações defendem a vida

O errado conceito de Saúde que a medicina profissional nos dá, em lugar de favorecer a expulsão de matérias nocivas, aumenta estas agregando venenos que a farmácia oferece sob a forma de drogas, vacinas, soros, injecções e agentes mortíferos como o fogo, a electricidade e o rádio, destruidores da vida.
Bem podemos afirmar que hoje o homem não morre mas sim envenena-se. Os laboratórios da morte são: a cozinha que prepara despojos cadavéricos como alimento do homem, e a farmácia que elabora venenos e imundícies como remédios para os nossos males.
Tão anormal é tudo isto que a vida do homem civilizado é uma prematura morte no caminho, que nos mantém em perpétuo soçobrar e não nos permite o gozo de viver.
A morte natural, cerca dos cem ou mais anos, é quase desconhecida nestes tempos em que o termo médio da vida não chega à terça parte deste período.
A morte natural que chega como o termo aprazível de um dia de trabalhos que o homem fatigado e desejoso de repousar aguarda como um descanso necessário, não é o termo duma Vida rebelde em conflito constante com a Natureza e suas leis imutáveis.
Vivemos à margem da Lei Natural e com isso preparamo-nos para uma morte violenta, prematura, dolorosa e trágica que, como nuvem negra, se fecha sobre as nossas cabeças todos os dias, ameaçando constantemente a nossa tranqüilidade.
Vivemos intoxicando-nos e morremos envenenados.

Compartilhe no:
  • Orkut

Actividade da pele e das mucosas

Actividade da pele e das mucosas

A actividade funcional, da pele é, pois, origem de Saúde e energia e das suas funções depende a normalidade digestiva e pulmonar.
Uma vez mais insistimos que, para haver Saúde, é preciso que a actividade da pele e das mucosas seja harmônica, mediante equilíbrio das temperaturas interna e externa do corpo. O debilitamento da pele sobrecarregará o trabalho das mucosas, por onde procurarão saída as matérias mórbidas que a pele não pôde eliminar; além disso, a falta de calor natural na superfície do corpo é causa de febre interna que origina putrefacções intestinais. A pele activada diariamente por conflito com o frio do ar ou da água e tonificada por luz e sol, é factor de digestões normais, o que eqüivale a sangue puro e circulação normal do fluido vital.

Compartilhe no:
  • Orkut

Desinflamar

Desinflamar

Segundo o exposto, a arte de curar é a arte de desinflamar, o que jamais se conseguirá com cirurgia, drogas, injecções ou rádio.
Então, desinflamar é refrescar, ou seja questão Térmica somente. Isto só será possível aumentando o calor à superfície da pele para descongestiouar o interior do corpo.
Passemos revista às mais conhecidas doenças do homem e veremos comprovado o facto.
Pneumonia é inflamação dos pulmões.
Pleurisia é inflamação da pleura.
Bronquite é inflamação dos brônquios.
Gastrite é inflamação da mucosa estomacal.
Enterite é inflamação do intestino delgado.
Colite é inflamação do intestino grosso.
Apendicite é inflamação do apêndice.
Amigdalite é inflamação das amígdalas.
Hepatite é inflamação do fígado.
Meningite é inflamação do cérebro e meninges.
Nefrite é inflamação dos rins.
Orquite é inflamação dos testículos.
Metrite é inflamação do útero.
Ovarite é inflamação dos ovários.
Cistite é inflamação da bexiga.
Sinusite é inflamação dos seios frontais ou maxilares.
Uretritc é inflamação da uretra.
Prostatite é inflamação da próstata.
E basta para demonstrar o nosso critério.

Compartilhe no:
  • Orkut

Pessoa gorda

Pessoa gorda

É sabido que quanto mais gorda é uma pessoa, mais doente é, podendo-se assegurar que, permanecendo neste estado, não chegará a uma idade avançada. As doenças agudas, duma maneira geral, não são suportadas pelas pessoas gordas, pois os seus órgãos degenerados falham com um maior esforço, apresentando-se complicações cerebrais, do coração, rins, etc, que acabam violentamente com a vida.
As pessoas muito fracas também denunciam anormalidade orgânica, sofrendo os seus órgãos por desnutrição e debilidade geral.

Compartilhe no:
  • Orkut

Funções vitaminas

Funções vitaminas

Esquecendo a medicina medicamentosa que todo o sintoma ou manifestação de alteração da Saúde é fenômeno que procura a defesa da Vida orgânica, longe de investigar a causa que obriga a natureza do doente a actuar em forma determinada, dirige-se a abafar os ditos sintomas. Pretende-se emendar o rumo que, obedecendo a leis imutáveis, tomam os processos fisiológicos alterados por vida antinatural. Com procedimentos artificiais e mortíferos se agrava assim o conflito que já existia entre a Natureza e o doente, convertendo-se o médico em cúmplice e encobridor deste nas violações da Lei Natural.

Compartilhe no:
  • Orkut