Arquivo da Categoria ‘Iris do olho’

Doente dos pulmões

Doente dos pulmões

O exame da íris de todo o doente dos pulmões sempre denuncia um estado mais ou menos avançado de antigos, graves e prolongados desarranjos digestivos.
Por fim, faremos notar uma vez mais, que a febre interna, comum a todo o enfermo em grau variável, acelerando o ritmo cardíaco, congestiona os tecidos pulmonares, diminuindo neles a capacidade do ar, provocando a dispnéia e angústia respiratória nas vítimas de afecções febris intensas.

Compartilhe no:
  • Orkut

Dores corpo

Dores corpo

Este maravilhoso espelho da íris apresenta os estados mórbidos internos como processos congestivos que só podem desaparecer descongestionando os tecidos afectados. Além de inflamações ou congestões de caracter agudo, crônico ou destrutivo, a íris de todo o doente revela também impurificação maior ou menor que é preciso eliminar pelos poros da pele. Compreende-se então que descongestionar e purificar são os objectivos que devem guiar a acção do médico cm todos os casos, o que se conseguirá mediante restabelecimento do Equilíbrio Térmico do corpo do doente. Segundo o exposto, é preciso actuar sobre todo o organismo e não só localmente, porque quem se cura é o corpo como um órgão indivisível. Por outras palavras, segundo a minha Doutrina restabelece-se a Saúde integral do doente, em lugar de se combaterem parcialmente os sintomas de desarranjo orgânico, como o faz a medicina profissional.

Compartilhe no:
  • Orkut

Cuidando do corpo

Cuidando do corpo

Uma vez mais se deve insistir que, em lugar de combater o sintoma de alteração da Saúde, devemos restabelecer a normalidade funcional do organismo, o que requer Equilíbrio Térmico do corpo. Daqui conclui-se que, «curar» só c possível normalizando funções orgânicas, mediante restabelecimento do Equilíbrio Térmico do corpo, perdido em todo o enfermo, em grau variável, como é revelado pela íris.
Não esqueçamos que toda a doença é acompanhada de febre, e que não há doente sem febre interna, ainda que não a acuse o termômetro. Esta febre existe simultaneamente com a falta de calor da pele, como já foi explicado.

Compartilhe no:
  • Orkut

Iris significado

Iris significado

A minha obra A íris dos Teus Olhos Revela a Tua Saúde explica minuciosamente como se conhece o estado constitucional do corpo, o seu estado de pureza ou impurificação geral do seu sangue, os estados congestivos e anêmicos e, em poucas palavras, a alteração funcional do organismo que carateriza o estado de doente, com maior temperatura das suas vísceras por congestão e falta de calor normal na sua pele e extremidades, por deficiente irrigação sangüínea, o que demonstra a verdade absoluta da minha Doutrina Térmica.

Compartilhe no:
  • Orkut

Curso iridologia

Curso iridologia

Se na íris houver zonas com colorações mais carregadas, especialmente em volta da pupila, trata-se da alteração dos tecidos do aparelho digestivo por processo inflamatório ou acumulação de matérias estranhas. Se se notar apagada a linha que limita exteriormente a íris, ou velada por uma espécie de nuvenzinha, podemos estar seguros que há pouca actividade da pele, com má circulação sangüínea e congestão crônica dos órgãos internos do corpo. Assim se revela o desequilíbrio térmico crônico.
Se notarmos desagregação no tecido da íris com fundo obscuro, comprovaremos lesões orgânicas no órgão correspondente.

Compartilhe no:
  • Orkut

Iridologia fotos

Iridologia fotos

A cor é também um sinal eloqüente: quanto mais clara, uniforme, for a cor da íris, mais puro também será o estado do nosso sangue e humores orgânicos. Os povos que vão à cabeça da civilização são de olhos azuis, e a cor verde ou indefinida neste tom, indica degeneração de constituições melhores. A cor castanha também é boa, sempre que seja clara e transparente, sendo os olhos obscuros e opacos manifestação de impurificação orgânica, ou seja, crônica falta de Saúde por graves desarranjos digestivos e deficiente actividade eliminadora da pele do indivíduo.

Compartilhe no:
  • Orkut

Iridologista

Iridologista

Deixando pormenores de lado, diremos que qualquer pessoa à simples vista, poderá mais ou menos certificar-se do estado do seu organismo observando a sua própria íris. Se o tecido for compacto e a sua fibra regular, sem quebras nem desvios, podemos estar seguros de possuir boa constituição orgânica e, em caso contrário, será mais ou menos inferior conforme sejam maiores ou menores as alterações do dito tecido.

Compartilhe no:
  • Orkut