Arquivo da Categoria ‘Educação em saúde’

Cultura vegetariana

A jornalista Priscila Gorzoni é a autora da obra que fala sobre os animais durante as principais guerras. Segundo ela, até mesmo insetos desempenharam seus papéis. “Vários animais, insetos, vermes e larvas, alguns nossos conhecidos e até companheiros domésticos, marcaram presenca nas guerras. Seja desempenhando um papel benéfico de auxílio aos feriados, seja ajudando algum dos lados a vencer a batalha”.

Compartilhe no:
  • Orkut

Fim dos testes

Pelo menos no Canadá, a noticia já se tornou realidade. De acordo com a ONG Comité de Médicos pela Medicina Responsável, em novembro, as universidades canadenses anunciaram o fim dos testes laboratoriais em animais.
A partir de agora, as faculdades de medicina do país tem que usar métodos substitutivos.

Compartilhe no:
  • Orkut

Saude e agua

COMO A ÁGUA FRIA CONSERVA A SAÚDE.
Vicente Priessnitz, camponês austríaco, é o homem genial a cujo espírito de observação se deve o descobrimento das propriedades salutíferas da água fria. Para Priessnitz, todas as maneiras de usar a água fria se justificam com esta idéia directriz: «Quando se emprega água fria, não é o frio que cura, mas, pelo contrário, é o calor produzido por reacção contra o frio; o agente curativo é a própria Natureza». O mecanismo da cura efectua-se «eliminando» os resíduos e «assimilando» novos elementos por meio do calor, ou seja activando as trocas orgânicas. As aplicações frias, por rcacção nervosa e circulatória, atraem à pele o calor anormal do interior do corpo, equilibrando assim as suas temperaturas. Desta forma se consegue restabelecer a normalidade orgânica precisa para o Equilíbrio Térmico do corpo. Com razão Priessnitz dizia: «As doenças curam-se melhor por fora do que por dentro».
Devidamente aplicada sobre a pele, a água fria normaliza: 1.° — Porque desperta a actividade funcional do organismo; 2.” — Porque, mediante a reacção Térmica deriva para a superfície do corpo a congestão das suas vísceras, que é febre destrutiva; 3.° — Porque favorece pelos poros a expulsão das impurezas do sangue.
Uma ablução geral de água fria, despertando reacção nervosa e circulatória, produz contracção da rede sangüínea da pele, derivando o sangue para o interior, para depois se encher dele em maior quantidade por meio da rcacção de calor que se segue à acção do frio. Esta reacção Térmica significa maior actividade orgânica e, consequentemente, melhor circulação do sangue e distribuição do calor no corpo. Assim activada a pele, as impurezas são expulsas pelos poros por simples exala-ção ou por transpiração.
Vulgarizando o conceito podemos dizer que a reacção produzida por uma aplicação fria sobre a pele, eqüivale ao efeito de uma ventosa que deriva para o exterior a congestão e impurezas internas. Respirações profundas depois do banho favorecem as trocas orgânicas.

Compartilhe no:
  • Orkut

Como obter o equilíbrio térmico

Observando a íris dos olhos de qualquer doente revela-se nela congestão variável das suas entranhas e anemia, isto é, deficiente circulação sangüínea na superfície do corpo, extremidades e cérebro. Desta forma comprova-se febre gastrinstestinal e deficiente calor na pele e nas extremidades do indivíduo.
Para equilibrar as temperaturas do corpo é preciso despertar reacção nervosa e circulatória no exterior e descongestionar o interior, o que se obterá com as aplicações que seguem.
Para aquecer a pele temos a reacção produzida pelo frio do ar, e, ainda melhor, da água, na forma de fricções, jactos, enfaixamentos e compressas. Mais enérgica reacção de calor desperta a irritação nervosa causada pelas urticações com esta planta fresca. Por fim, a minha Lavagem do Sangue, com o choque de calor e frio sobre á pele, alternadamente atrai e repele o sangue do interior para a superfície do corpo e vice-versa.
Agora, para descongestionar directamente as entranhas do corpo, além das aplicações anotadas que levam o sangue à pele e às extremidades, temos os banhos genitais,. de tronco, de assento e de tina Just. E, especialmente em doentes incapacitados para actuar no leito, dispomos dos enfaixamentos e cataplasmas de barro, cuidando sempre da reacção, com a pele e os pés quentes.
Finalmente, a dieta de frutas cruas, sementes de árvores e saladas é refrescante.
Obtido o Equilíbrio Térmico, o organismo normaliza as suas funções de nutrição e eliminação, ou seja Saúde Integral por acção própria, força vital, que é a lei da Vida.

Compartilhe no:
  • Orkut

Erupções cutâneas

Erupções cutâneas

Por meio dos poros da pele o organismo absorve substâncias úteis à sua economia contidas no ar e energias atmosféricas, expulsando também matérias prejudiciais à vida orgânica, já seja pela transpiração, já por simples exalação.
A pele, como os pulmões e aparelho digestivo, é ao mesmo tempo órgão de nutrição e de eliminação. Desempenha funções de segundo pulmão e de segundo rim, sendo o suor produto semelhante à urina.

Compartilhe no:
  • Orkut

Purificação organismo

Purificação organismo

Neste vulgar exemplo se explicam os critérios alopata e naturista para con seguir o saneamento ou purificação do organismo enfermo, ou seja, a sua cura. A medicina alopática empenha-se em combater o micróbio que julga ser o causador das doenças e, para destruí-lo, arruina e mata o organismo onde aquele se instala. Pelo contrário, a minha doutrina, que no micróbio apenas vê um efeito da doença que é constituída pela acumulação de imundícies no organismo, procede à limpeza deste tirando assim ao micróbio o terreno favorável para a sua vida e desenvolvimento, com o que desaparece a doença, constituída pela impurificação orgânica, e também o seu efeito, o micróbio.

Compartilhe no:
  • Orkut

Intoxicação medicamentosa

Intoxicação medicamentosa

Sendo a vida actividade nervosa, o agente que deprime e aniquila esta actividade, como o veneno de drogas ou injecções, não é elemento de vida mas de morte.
Mas assim como os inimigos mais perigosos, para desenvolverem a sua acção come çam por acariciar a sua vítima, assim também os venenos das drogas enganam c atrai-çoam os doentes com um passageiro bem-estar que antes ou depois se transforma em maior mal, até aniquilar a própria Vida.
Das enfermidades que podem afectar. uma pessoa, nenhuma há mais perigosa e rebelde do que a intoxicação medicamentosa.

Compartilhe no:
  • Orkut

Transtornos orgânicos

Transtornos orgânicos

Mas estes tratamentos artificiais não só entravam e paralisam a acção defensiva da Natureza, mas também são origem de novos transtornos orgânicos, pois as substâncias estranhas’que sob a forma de drogas, injecções, vacinas, soros, etc, são introduzidas no sangue e tecidos do corpo humano, longe de beneficiar a vida e acti-vidade deste, são elementos de perturbação das suas reacçõcs. nervosas e circulatórias, quando não atacam a própria vida das células, como sucede com venenos tão activos como o arsênico, mercúrio e toda a espécie de derivados dos metais. Isto também se dá usando aplicações de electricidade, raios X ou rádio.

Compartilhe no:
  • Orkut

Doenças adquiridas

Doenças adquiridas

Doenças adquiridasDaqui se deduz que o primeiro agente de Saúde é a própria vontade do indivíduo. Se o doenças adquiridas carece da vontade decidida de actuar por si próprio no restabelecimento da sua Saúde, fracassará o melhor tratamento.
Todas as drogas, vacinas, soros, injecções ou agentes como cirurgia, electricidade ouxádio.ião ineficazes para restabelecer a Saúde, porque não actuam no sentido de normalizar a digestão e activar as eliminações, reduzindo-se a sua acção a combater o sintoma ou manifestação do desarranjo funcional do organismo afectado. O efeito que se pretende com estes procedimentos artificiais é estimular ou acalmar passageiramente a actividade orgânica manifestada pela dor, erupção, febre, diarréias, tosse, tumores, secreções, etc, com o que só se consegue perturbar c abafar as defesas naturais do organismo, impossibilitando-o de sair da anormalidade, transformando assim a doença aguda, de fácil cura, em doença crônica, sempre incurável para a medicina que usa tais meios.

Compartilhe no:
  • Orkut

Prevenção das doenças

Prevenção das doenças

Os agentes naturais, pelo contrário, favorecem e aumentam a energia vital do doente, activando a sua resistência orgânica e defesas naturais, favorecendo a volta à normalidade funcional do organismo, que é Saúde integral. Assim, o ar puro vita-liza e purifica o sangue; a luz e o sol activam a função nervosa, destroem impurezas orgânicas e favorecem a sua expulsão do corpo; a água fria e seu vapor, combinados na minha Lavagem ao Sangue, combatem a febre interna, equilibram as temperaturas interna e externa do doente e favorecem as eliminações gerais; a terra em união com a água, ou seja o barro, é o melhor descongestionante, purificador, calmante e vitalizànte de que dispomos para actuar localmente; e, por fim, frutas cruas, saladas e oleaginosas constituem alimento-remédio, porque nutrem, refrescam e purificam ao mesmo tempo.

Compartilhe no:
  • Orkut