Arquivo da Categoria ‘Descer a menstruação’

Tensão pré menstrual

LIVRE-SE DA TPM.
Para amenizar a Tensão Pré-Menstrual (TPM), fique de olho na alimentação. Observe as dicas:
■ Evite a cafeína, presente no café, no chá mate e em alguns refrigerantes. Ela pode piorar
a tensão e causar irritabilidade, insônia e dor nos seios;
■ Não coma alimentos muito doces ou salgados nos dias que antecedem a menstruação. Eles fazem reter líquidos e engordar;
■ Deixe de lado itens como laticínios (leite, queijo e iogurtes), enlatados, molhos engarrafados, bebidas alcoólicas e produtos com corantes e conservantes;
Dê preferência a alimentos com cálcio. Uma boa sugestão é tomar diariamente um suco de frutas batido com uma casca de ovo.

Compartilhe no:
  • Orkut

A primeira menstruação

Anticoncepcional só para adolescente.
Que mulher não sofre com a menstruação? E com as adolescentes não é diferente. Por isso, muitos médicos indicam também para elas o uso de Contraceptivos Orais Combinados (COCs). Mas será que não tem problema?
Recomendações atualizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2009, garantem que não existe restrição relacionada à idade para o uso do COC.
Como após a primeira menstruação o desenvolvimento sexual da menina já está praticamente completo, pesquisas sugerem que o uso desses anticoncepcionais não tenha impacto negativo.
Pelo contrário, os remédios de baixa dosagem podem ajudar a diminuir a acne, aliviar as eólicas, reduzir a retenção de líquidos, regular a menstruação e tornar o fluxo menstrual menos intenso.
Sexualidade precoce.
Para muitas pessoas, o uso do anticoncepcional não deve ser incentivado na adolescência. Há quem acredite que isso possa servir de estimulo para que as meninas entrem mais cedo na atividade sexual.
Porém, estudos demográficos revelam que a diminuição da idade de iniciação sexual já é um fato e não está diretamente ligado ao uso de pílulas.
“50% das jovens vão ao consultório acompanhadas pelas mães, mas o ideal é que conversem sozinhas com o médico para assegurara veracidade das informações e garantir a preservação da intimidade das garotas”, aconselha o ginecologista Achilles Cruz.

Compartilhe no:
  • Orkut

Como é o exame papanicolau

Ouvi dizer que é bobagem fazer o exame papanicolau, sendo a colposcopia bem melhor. Como cada exame me protege?
R. A colposcopia permite enxergar, com lente de aumento, o colo do útero. Às vezes, é possível ver alterações que o papanicolau deixa escapar. Assim como esse último detecta problemas que não aparecem no primeiro. Por isso, a colposcopia é vista no mundo inteiro como complemento ao papanicolau, que ainda é o exame de excelência para a prevenção do câncer de colo de útero. Por ser um método sofisticado, que exige aparelho específico, deve ser realizado por especialista. Sugiro fazer o papanicolau anualmente e, no caso de dúvidas, partir para o outro.

Compartilhe no:
  • Orkut

E normal a menstruação atrasar

Não estou grávida e mesmo assim a menstruação não vem. Li que existe um problema chamado amenorréia hipotalâmica, que atinge mulheres jovens. Pode ser o meu caso? O fato de ser louca por esportes tem relação? R. Para que o ciclo menstrual seja normal, o cérebro precisa enviar vários estímulos aos ovários. Por alguns motivos, às vezes ele perde a capacidade de mandar as ordens corretamente. Nesse cenário, ocorre a amenorréia hipotalâmica. que é a falta de menstruação pela ausência de estímulo. As causas podem ser emocionais, como stress contínuo, ou até excesso de atividade física, como parece ser o seu caso. O tecido gorduroso funciona como um estoque de hormônios. Muito exercício (assim como quadros de bulimia e de anorexia) tende a eliminar a gordura do corpo a ponto de desregular o ciclo. Isso explica por que muitas atletas não mens-truam. O tratamento é feito à base de hormônios. E, como os ovários e o útero continuam perfeitos, o ciclo volta ao normal. Até uma gravidez se torna possível. Agora, se o seu bloqueio for de origem psicológica, é provável que o organismo volte a funcionar sem medicação, bastando que você resolva o problema. Já uma atleta precisa diminuir o ritmo.

Compartilhe no:
  • Orkut