Arquivo da Categoria ‘Corpo’

Cuidados da pele

Há diversos truques ou até mesmo mudanças de hábitos que são capazes de deixar a nossa cútis bonita e saudável. Responda as questões com sinceridade e descubra se está fazendo isso corretamente.

Compartilhe no:
  • Orkut

Vida e saude

Para que os intestinos, rins, pele e pulmões desempenhem normalmente o seu trabalho é preciso que o sangue circule com normalidade, o que se comprova por calor agradável sobre a pele, pés quentes em toda a época do ano e cabeça fresca.
Se na pele aparecem erupções, furúnculos, borbulhas, úlceras ou abcessos devemos respeitar esta actividade da Natureza e, longe de abafá-la com pomadas ou mjecções, usar um regime alimentar purificador de frutas e ao mesmo tempo activar as eliminações gerais com enfaixamcntos húmidos nas crianças e a minha Lavagem do Sangue nos adultos, todos os dias. Localmente, aplicar-se-ão emplastros de feno grego ou de argila.

Compartilhe no:
  • Orkut

Dicas de saude

Se para que o homem viva são é necessário manter activas as eliminações do corpo, com maior razão no doente é preciso procurar uma eliminação enérgica que lhe permita expulsar as matérias mórbidas, sempre presentes em toda a doença.
Expulsados do corpo doente os venenos de origem orgânica ou medicamentosa, levanta-se a energia vital do organismo, pois, assim como a morte se produz por intoxicação, a impurificação orgânica representa sempre maior ou menor debilitamento vital. Obtida a desintoxicação, a Natureza põe de pé as suas defesas para salvar o organismo do desarranjo funcional.
Para viver são é preciso evacuar completamente o ventre todos os dias ao acordar, depois do almoço e antes de deitar.
O processo digestivo de alimentos cozinhados faz-se em 4 ou 6 horas, de maneira que de 8 em 8 horas devem ser espulsos os resíduos. Uma evacuação em cada 24 horas causa impurificação orgânica, por retenção de excrementos, de bile e outros resíduos. A bile que o fígado elabora é produto tão venenoso como a urina, e num adulto chega à quantidade de um litro por dia, devendo ser expulsa pelo intestino, mesmo quando se pratique jejum.

Compartilhe no:
  • Orkut

Parte do corpo humano

Parte do corpo humano

Compreende-se assim a importância salvadora que tem a minha Doutrina Térmica, precisando sempre e em todo o caso a acção a desenvolver ante o doente, qualquer que seja o nome ou manifestação da sua doença; não cura, normaliza, colocando o corpo em Equilíbrio Térmico.
Vimos que a Patologia é simples nomenclatura de sintomas ou manifestações de falta de Saúde. Mas na Natureza não existem nomes, esim «fenômenos». Daqui se deduz que de nada servirá ao doente saber que a sua doença se chama «artrite» ou «apendicite». Pelo contrário, conhecendo pela íris a impurificação do seu organismo, ficará sabendo o que necessita fazer para purificar o seu sangue, com o que se libertará da doença que afecta o seu sistema circulatório. Também procurará refrescar os seus órgãos internos, sabendo que a inflamação do seu intestino origina a dor do apêndice.

Compartilhe no:
  • Orkut

Tecidos corpo humano

Tecidos corpo humano

Isto mesmo sucede ao corpo humano. O seu sistema nervoso, como bom pai de família no lar, está sempre atento às necessidades da sua existência. Donde, toda a actividade orgânica é respeitável porque sempre tem uma finalidade defensiva da Saúde e Vida do corpo. A Natureza nunca se engana nas suas actividades que são regidas por leis imutáveis. Se há dores, febre, catarros, erupções, abcessos, tumores, ataques nervosos, epilépticos ou como queiram chamar-se, hemorragias, diarréias, pressão arterial elevada, estas actividades revelam defesa orgânica, e em si mesmas são respeitáveis, porque a Natureza jamais actua em prejuízo da vida dos seres criados.
Segundo este facto, é um erro combater sintomas como os apontados, porque com isso se impedem as defesas” naturais do corpo. O lógico e científico será então procurar a causa que obriga o organismo a actuar de forma anormal, sem abafar directamente estes processos, que desaparecerão eliminando a dita causa.

Compartilhe no:
  • Orkut

O sistema digestivo

O sistema digestivo

Com estes alimentos o aparelho digestivo realiza-se sem esforço, em duas horas o máximo. Mas, estas substâncias cozidas ou assadas, prolongam o trabalho digestivo a três horas, o que se traduz num princípio de congestão e maior calor.

Compartilhe no:
  • Orkut

Doenças sistema digestorio

Doenças sistema digestorio

Produziu-se então uma febre muscular por reacção nervosa tória porque os nervos foram submetidos a trabalho forçado. O mesmo fenômeno se produz no aparelho digestivo do homem. A destinou o estômago e o intestino do ser humano para elaborar a digestão saladas e oleaginosas no seu estado natural.

Compartilhe no:
  • Orkut

Exercicios de musculação

Exercicios de musculação

É lei física que todo o trabalho desenvolve calor. Maior trabalhe maior calor. Assim, se serramos madeira à mão, observaremos que os do braço se aquecem progressivamente e se congestionam até inchar se ex o exercício.

Compartilhe no:
  • Orkut

Nervos

Nervos

Explica-se assim a definição de Febre, segundo a  Doutrina Térmica: ela é fenômeno de natureza inflamatória e congestiva, originada por reacção nervosa e circulatória quando os nervos são irritados ou submetidos a trabalho maior do que o normal.

Compartilhe no:
  • Orkut

Todas as doenças

Todas as doenças

Salvo intoxicação com ar viciado, toda a doença, qualquer que seja o seu nome ou manifestação, sempre se origina e se mantém por desequilíbrio térmico do corpo, de intensidade variável. Repetimos, a febre interna produz a putrefacção dos alimentos, os quais, corrompendo-se em vez de nutrirem, envenenam o organismo.

Compartilhe no:
  • Orkut