Arquivo da Categoria ‘coração’

Quando a pressáo está baixa

Por que a vista escurece quando a pressáo está baixa?

1- O coracao bombeia o sangue e, com ele, o oxigénio para o corpo. Mas esse fluxo tem que circular em volume e ritmo adequados. Sob a acáo do álcool, de medicamentos ou mesmo em situacoes especiáis, como a gravidez, as arterias podem se dilatar demais.

2. A dilatacáo faz com que o sangue chegue aos órgáos em menor quantidade. O pn’meiro a sofrer é o cerebro. Exatamente por ele estar localizado na parte mais alta do corpo, o sangue precisa de urna boa pressáo para vencer a gravidade.

3. Se as células cerebrais deixam de receber oxigénio em quantidade suficiente, entram em pane. 0 escurecimento da vista é o primeiro sinal da falta de combustível. Se a pressáo nao se normalizar, pode haver desmaio – urna defesa do organismo.

Compartilhe no:
  • Orkut

Doenças de coração

Doenças de coração

Sendo os ossos, músculos, nervos, cérebro, tecidos que constituem o corpo humano e formados e mantidos por sangue, e sendo este, produto da normal nutrição e eliminação, temos de aceitar que, das funções digestiva, pulmonar e cutânea depende a Vida e Saúde integral do homem.
Enfermidades do coração, fígado, rins, sistema nervoso, pulmões, olhos, garganta, etc, só podem existir como efeito de sangue viciado por desarranjos digestivos agudos ou crônicos, como nos revela a iridologia.

Compartilhe no:
  • Orkut

Circulação sangüínea

Circulação sangüínea

A febre interna, congestionando as vísceras, produz anemia da pele. A deficiente circulação sangüínea na pele incapacita este órgão para desempenhar a sua importante função eliminadora pelos poros.

Compartilhe no:
  • Orkut

Doenças do sistema respiratorio

Doenças do sistema respiratorio

A febre interna acelera o ritmo cardíaco e faz com que o coração lance aos pulmões com maior freqüência a onda sangüínea, congestionando os órgãos respiratórios e debilitando as suas funções de nutrição e eliminação.

Compartilhe no:
  • Orkut

Doenças do sistema digestório

Doenças do sistema digestório

Como o coração, na sua actividade segue à temperatura normal, a febre gastrintestinal acelera o seu ritmo aumentando a freqüência da onda sangüínea para os pulmões. Por isso se congestionam progressivamente os seus tecidos, estreitando o espaço destinado ao ar neles contido e diminuindo assim a capacidade de trabalho dos órgãos respiratórios.

Compartilhe no:
  • Orkut