A água

agua

A Natureza deu-nos a água como única bebida e pô-la à nossa dispôs com mão generosa no rio, na fonte ou no ribeiro.
A água em união com o ar, a luz e a terra, são os alimentos indispensá para a vida animal e vegetal: os três primeiros aproveitamo-los directamente meio dos nossos órgãos e a terra ingerimo-la indirectamente por meio dos dutos vegetais.
A água é a única bebida natural e não só é um alimento mas também medicamento, tanto interna como externamente.
A água purifica e é este o efeito que produz usada em forma de bebide em banhos.
A Saúde pela água fria é a descoberta que imortalizou o nome de um c ponês austríaco, Vicente Priessnitz, verdadeiro gênio que descobriu um i caminho que marca a era de ouro da medicina natural.
A hidroterapia melhorada e popularizada pelo insigne cura de Woensho Sebastião Kneipp, chegou ao seu aperfeiçoamento com o imortal Luís Ku fabricante de móveis de Leipzig, que hoje figura entre os maiores benfeitore Humanidade.
Os chilenos têm a honra de contar também com um sábio apóstolo da hi terapia, discípulo de Kneipp, o conhecido e saudoso Padre Tadeo de Wisent, n mestre. Depois de Deus, o que isto escreve, deve a este humilde e bondoso s; dote de Cristo a Saúde e a Vida, quando estava definitivamente descnganado medicina facultativa.
Deixando para mais adiante o problema da água fria como agente de Sapor agora diremos que a água, quando bebida, nos proporciona não só os seus elementos químicos, como também os seus agentes energéticos em dissolução e que são energias solares, eflúvios magnéticos, potência eléctrica, além de muitos outros elementos ainda não bem conhecidos, agentes estes que toma da terra, do ar e do sol, explicando-se assim que a melhor água para beber é a que desce da montanha e em constante movimento se despenha no seu trajecto.

Compartilhe no:
  • Orkut

Tags: , ,

Deixe um comentário